NOTÍCIAS

26/09/2020 10:32

Apoio de Ismael Crispin a projetos de pesquisa científica é reconhecido em programa de TV

Na última semana, as ações do deputado Ismael Crispin (PSB) em prol do desenvolvimento de projetos de pesquisa científica foi um dos temas abordados durante o programa Conteúdo Amazônia, exibido em Porto Velho pelo canal 17, na Rede TV, apresentado pelo jornalista Paulo Benito.

Na ocasião, o diretor de planejamento estratégico da Fapero, José Afonso Costa Pimentel ressaltou que o parlamentar sempre esteve à disposição da comunidade científica. “O deputado Ismael Crispin abraçou a causa e sabemos que com o potencial que temos em Rondônia, iremos evoluir muito nos próximos anos”, disse.

Segundo o deputado Ismael Crispin, após a superação da pandemia do Covid-19, muitas medidas precisam ser adotadas, principalmente nos investimentos em pesquisa científica. “Não podemos agir só na hora de apagar os incêndios. Devemos também ter a atitude de trabalhar na antecipação dessas questões e isso é possível através de pesquisa científica. Abaixo de Deus, serão os cientistas que darão uma resposta ao mundo. Aqui em Rondônia temos cérebros importantes, mas é preciso investir”, pontuou.

Em julho a Fapero comemorou seus nove anos de criação e incentivando a pesquisa e a inovação tecnológica em Rondônia. No ano de 2019, foram investidos mais de R$ 3 milhões para o fomento de pesquisas científicas e inovação, que resultam em melhorias para o Estado. Por meio do Programa de Apoio à Pesquisa em Publicações Científicas (PAP-Publica), a Fapero realizou o lançamento de livros e publicações científicas. E pelo Programa Pesquisa para o SUS (PPSUS), investe e incentiva a produção de pesquisas científicas em saúde para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Edital aberto


A instituição está com o um em edital em aberto e os pesquisadores têm até domingo (27) para apresentarem projetos de pesquisa no âmbito do Programa Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (PPSUS) em Gestão Compartilhada em Saúde, referentes à Chamada pública nº 001/2020, oferecida pelo Governo de Rondônia, por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Rondônia (Fapero) e da Secretaria da Saúde do Estado de Rondônia (Sesau).
Segundo o diretor de planejamento estratégico da Fapero, José Afonso Costa Pimentel, o PPSUS é executado em parceria com o Ministério da Saúde (MS), por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) e com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). “Essa é a nossa terceira edição, e como estamos avançando cada vez mais, o MS fez dessa a nossa maior edição, com R$ 1.4 milhões em financiamentos para os projetos”, explica José Pimentel.

As propostas aprovadas nesta chamada serão financiadas, com recursos de capital e custeio no valor global de R$ 1.4 milhões, sendo: R$ 1 milhão oriundos do DECIT/SCTIE/MS a serem repassados por meio do CNPq e R$ 400 mil da Fapero/Sesau, provenientes do Governo do Estado.

Texto: Laila Moraes com informações do Governo

Foto: Assessoria 

Produção: Agência Premium


Telefone:
(69) 3218-3640
(69) 98473-4889

Email:
contato@ismaelcrispin.com.br

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo